quinta-feira, 13 de março de 2008

Tributo ao "Sonho"

video
(Execução: Mónica Trindade)

Há sonhos que não deviam acabar… mas lá estamos nós de volta à realidade, depois de um acordar de um “Sonho” que se prolongou por mais de três meses. Ficam os pormenores, os cheiros e sabores, as sensações que tivemos e que para sempre queremos recordar. Com o passar do tempo, essas lembranças esbatem-se, ficam impressões que, por vezes, nem sabemos definir nem descrever. Mas este foi um “Sonho” especial. Foi um sonho que uniu quase trinta pessoas numa “noite de verão” em pleno mês de inverno.

Foram muitas horas de trabalho, muito esforço, mas também de alegre convívio e serena amizade, onde nos apoiámos mutuamente, onde partilhámos tudo e juntos construímos um “sonho” do qual não queríamos acordar. Música, dança, coreografias, figurinos e guarda-roupa, marcações… tudo para que o trabalho final fosse do agrado de um público já fiel e para o qual continuámos a criar e com o qual mantemos viva esta paixão e este amor pelo Teatro.

Diariamente, durante 10 sessões, demos o nosso melhor, festejámos cada triunfo, gelámos em cada falha e em cada branca, apoiámos os maus momentos e estivemos sempre presentes nos bons. É assim o Teatro, é assim a vida.

Terminou o "SONHO", mas não vamos deixar esquecer e esbater as recordações que nos deixou. Hoje, somos definitivamente pessoas mais ricas, pois o “Sonho de uma noite de verão” já ninguém nos tira. SN

1 comentário:

Anónimo disse...

MÓNICA... A minha boneca linda, sempre no seu melhor.
Com ela rimos, vivemos momentos ternos e eternos, mas... é também ela, com a sua prespicácia, que nos faz chorar e sentir o quanto tudo vale a pena...
És ESPECIAL, fica sempre assim, porque é assim, igualzinha ao que és que nós todos te adoramos.
Beijão.
São